background

background

Melhor do chef – Receita de pudim de castanha de cajú com calda de cachaça de jambu

O chef João Ragna, do Bistrô 28, enviou pra gente uma receitinha gostosa e querida por seus clientes: pudim de paçoca de Castanha de Caju com calda de cachaça de Jambu. Confira:

pudim, pudim de cachaça, pudim de cachaça com castanha, como desenformar pudim, receita de pudim, receita de pudim de cachaça, chef joão ragna

Ingredientes:
– 1 lata de leite condensado
– 1 xícara (chá) de leite
– 1 xícara (chá) de leite de coco
– 5 ovos
– 250 g de paçoca de castanha de caju cortada grosseiramente

Para calda:
– 2 xícaras (chá) de açúcar
– 1/4 de xicara (chá) de cachaça de Jambu
– 1 xícara (chá) de água

Modo de preparo do pudim:
– No liquidificador, bata o leite condensado, o leite, o leite de coco, os ovos e a paçoca;
– Unte a forma com caramelo e colocar a mistura de pudim;
– Asse em banho-maria no forno, pré-aquecido, a 200ºC durante 1 hora aproximadamente ou até que, espetando um palito, saia seco;
– Deixe esfriar e desenforme.

Modo preparo da calda:
– Coloque em uma panela o açúcar e água e misture até dissolver por completo;
– Leve ao fogo e deixe reduzir até que atinja a coloração desejada mais ou menos de 7 a 10 minutos;
– Deixe esfriar e acrescente a cachaça;
– Cubra o pudim com a calda; leve à geladeira até a hora de servir.

Desejei!

[email protected]
Twitter: @davimoura 
Facebook: fb.com/adorocomerblog 

Este é o lugar – Cheppitos e o seu pastel gigante, em Fortaleza – CE

O Cheppitos é uma marca bastante conhecida aqui em Fortaleza. Antes mesmo de vir morar aqui, sempre vi, em todo lugar, a comunicação da marca, sempre divulgando o seu famoso pastel gigante de 40cm. Logicamente fiquei maluco para provar! Depois que David disse que era realmente muito bom, a vontade ficou ainda mais concreta. Em um dia de muita fome – e de busca por novidades – resolvemos visitar o local. A primeira visita foi tão boa que já voltei outras vezes!

O post de hoje é para mostrar o pastel gigante. Escolhemos um para cada – sim, gordinhos – e fomos bem felizes! Os pasteis, simples e especiais, variam de R$ 10,90 a 20,90. Já provei o de calabresa e o de camarão com requeijão. Já aviso que este post é uma prévia de algo maior que vem por aí, afinal o cardápio é gigantesco, contando com inúmeras opções, como pizzas, sanduíches e saladas, além de sucos e milk shakes.

Remexi umas pastas antigas e lembrei que estas fotos ainda precisavam ser postadas, por isso resolvi trazê-las hoje.

cheppitos, pastel gigante em fortaleza, pastel cheppitos, pastel, pastel fortaleza (2)

Foto retirada do site “Bora comer em Fortaleza”. Cheppitos da Av. Dom Luís.

Visitei o Cheppitos da Av. Dom Luís. A avenida, embora sempre lotada pela manhã, é bastante agradável à noite. Há um espaço externo, com várias mesas, para quem preferir a luz da lua. E há o interno, climatizado, sendo o térreo e um primeiro andar facilmente acessado por uma escada próxima a porta. Do térreo, ao olhar para cima, percebemos um imagem de um grande pastel mordido – brincadeira criativa para atiçar ainda mais a fome. Há vários garçons e o atendimento é atencioso, então nada de ficar esperando muito pelo prato.

Como já falei, o carro-chefe da casa é o famoso pastel gigante. Pedi um de calabresa – pra não perder o costume – e Faminha pediu um suco de morango:

cheppitos, pastel gigante em fortaleza, pastel cheppitos, pastel, pastel fortaleza (4)

cheppitos, pastel gigante em fortaleza, pastel cheppitos, pastel, pastel fortaleza

cheppitos, pastel gigante em fortaleza, pastel cheppitos, pastel, pastel fortaleza (3)

Atendimento bom, pastel grande e gostoso, muito recheio e muito sabor! Uma experiência bastante válida para os glutões de plantão. Indico demais!

Serviço:
Cheppitos
- Aldeota – Av. Dom Luís, 851 – (85) 3261 5555
- Cocó – Av. Engenheiro Santana Júnior, 1941 – (85) 3249 4444
- Cidade dos Funcionários – Av. Desembargador Gonzaga, 1251 – (85) 3279 3000
- Jóquei Clube – North Shopping Jóquei
- Parangaba – Shopping Parangaba

http://cheppitos.com.br
http://fb.com/cheppitos
http://instagram.com/cheppitos

[email protected]
Twitter: @davimoura 
Facebook: fb.com/adorocomerblog 

Novidades – Aprenda a combinar o molho com a massa correta

Nem só de molho de tomate vive o famoso macarrão da mama. As massas são alimentos tão versáteis que podem ir à mesa com molhos à base de frutos do mar, carne, alho e óleo, cogumelos e molho branco, entre muitos outros. Para estimular a criatividade dos consumidores, fugir do trivial e surpreender, a Fortaleza, marca da M.Dias Branco, sugere vários tipos de molhos diferentes que combinam perfeitamente com o corte escolhido para a receita.

combinar massas e molhos, massas e molhos, macarrão, ninho com camarão, espaguete com camarão
1) Se está planejando uma refeição mais sofisticada, uma boa pedida é escolher um molho à base de frutos do mar. Há molhos com frutos do mar que utilizam lagosta, pescado, mariscos, camarões, entre outras delícias. Combinam bem com o ninho, pois a largura desse corte faz com que os ingredientes envolvam a massa. Quando harmonizadas com vinho branco ou espumante, massas com frutos do mar proporcionam uma ótima experiência gastronômica;

2) Os molhos com carne permitem diversas combinações e por serem mais encorpados, são ideais para dias mais frios. O corte mais indicado para acompanhar este molho é o parafuso, pois seu formato permite que a carne se infiltre nas voltas do macarrão, unindo perfeitamente o molho à massa;

3) Também há opções para os vegetarianos, que podem se deliciar com molhos à base de cogumelos, alho e óleo ou molho branco. Uma ótima opção é preparar molhos com shimeji, shitake ou champignon, que combinam perfeitamente com o corte penne, pois suas cavidades capturam os pedaços de cogumelos. O molho alho e óleo é prático e serve como base para molhos com vegetais. Basta adicionar brócolis picado, ervilha, milho, ou o que seu apetite determinar.

4) O molho branco, também conhecido como bechamel, é feito a partir de leite, margarina e farinha de trigo. Pode apresentar variações, como a inclusão de queijos, o que o deixa ainda mais saboroso. Combina muito bem com o parafuso, pois esse corte apresenta curvas, que absorvem bem molhos cremosos.

Amei as dicas!

[email protected]
Twitter: @davimoura 
Facebook: fb.com/adorocomerblog 

Melhor do chef – Receita de strudel de abacaxi com nozes by Pelaggio

Hoje vamos de receita doce e gostosa, dica da Pelaggio. Já ouviu falar do Strudel? Trata-se de uma sobremesa tradicional da Áustria, sendo um prato de massa folhada da Europa central. É bem comum na região sul do país. Vamos aprender a fazer?

receita de strudel de abacaxi, strudel de abacaxi, como fazer strudel, o que é strudel

Ingredientes:
Massa:
– 1/2 embalagem de Biscoito Cream Cracker Pelaggio
– 150g de farinha de trigo
– 2 ovos
– 100g de margarina sem sal
– 2 gemas para pincelar

Recheio:
– 1 kg de abacaxi, em cubos
– 400g de açúcar
– 200g de uvas passas brancas

Para Montagem:
– 350g de nozes, picadas
– 3 colheres (chá) de açúcar
– colheres (chá) de canela em pó
– 150g de manteiga sem sal

Para decorar:
– 10g de açúcar de confeiteiro
– 30g de nozes
– 20g de uvas passas brancas

Para acompanhar:
Sorvete de creme

Modo de Preparo:
– Leve ao processador o Biscoito Cream Cracker Pelaggio e bata até obter uma farofa fina.
– Numa tigela funda, acrescente 150g da farofa fina de biscoito e reserve 50g para montagem, a farinha de trigo e 2 ovos.
– Numa frigideira pequena, aqueça a manteiga junto com 8 colheres (sopa) de água e deixe amornar. Junte aos demais ingredientes, misture bem até obter uma massa homogênea.
– Deixe descansar por 20 minutos evolvida em papel filme.

Prepare o recheio:
– Numa panela média, junte o abacaxi, o açúcar e deixe cozinhar até secar a água. Retire do fogo, acrescente as uvas passas, mexa delicadamente e reserve.
– Acomode a massa sobre papel manteiga e com a ajuda de um rolo abra a massa até deixá-la bem fina.
– Polvilhe sobre a massa a farofa fina de biscoito reservada, acomode por cima o recheio de abacaxi, as nozes, salpique o açúcar de confeiteiro e a canela, acomode por cima pequenas porções de manteiga e enrole como rocambole.
– Unte uma assadeira grande com manteiga e farinha de trigo, junte o strudel, pincele com as gemas e acrescente por cima pequenas porções de manteiga. Leve ao forno a 180ºC por 40 minutos e a cada 10 minutos regue com a manteiga derretida que se formará na assadeira.
– Retire do fogo, polvilhe açúcar de confeiteiro, decore com nozes e uvas passas.
– Sirva ainda quente com sorvete de creme.

Dica: Quando enrolar o strudel faça uma dobra nas laterais para que o recheio não se espalhe.

Variação: Querendo substitua o abacaxi por banana

Toque do Chef: Lembre que a massa do strudel é delicada, quando levá-lo ao forno não se esqueça de regar a cada 10 minutos com a manteiga derretida que se formará na assadeira, para evitar que fique ressecado ou forme pequenas aberturas.

Amei!

[email protected]
Twitter: @davimoura 
Facebook: fb.com/adorocomerblog 

Evento – Cachaça cearense vence desafio às cegas e se torna bicampeã nacional (1º Agrosabor)

Com a participação de 27 jurados, selecionados entre formadores de opinião e figuras públicas, a cachaça artesanal de alambique Cedro do Líbano Extra Premium foi a bicampeã na segunda edição do Desafio Top Mundial da Cachaça, que aconteceu na noite desta quarta-feira, 12, no Restaurante Cantinho do Frango, em Fortaleza. Além da vitória para a marca cearense, que concorreu com quatro das melhores cachaças do País, a atração fez parte do 1º Agrosabor, que reuniu apreciadores da boa mesa e do destilado genuinamente brasileiro.

cachaça, cachaças, rótulos de cachaça, tipos de cachaça, cachaça cedro do líbano, cachaça weber haus, cachaça anísio santiago, cachaça leblon, cachaça vale verde, agrosabor, fortaleza

Respeitando os critérios de avaliação do GEDEC (Grupo de Estudos e Degustação de Cachaças), o resultado final do 2º Desafio Top Mundial da Cachaça ficou da seguinte forma: Cedro do Líbano Extra Premium (São Gonçalo do Amarante – CE) em 1º; Vale Verde 12 anos (Betim – MG) em 2º lugar; Weber Haus Amburana (Ivoti/RS) em 3º; Leblon Signature Merlet (Patos de Minas/MG) em 4º e Anísio Santiago (Salinas – MG) na 5ª colocação.

Após o workshop feito pelo cachacier Maurício Maia, quando os participantes conheceram a estrutura e características químicas e organolépticas (cor, aroma e sabor) do destilado genuinamente brasileiro, passando por um teste-cego, as cinco marcas de cachaça receberam notas dos jurados, que acabaram escolhendo a Cedro do Líbano Extra Premium como a campeã do evento.

Maia conta como planejou o desafio. “Para o 2º Desafio Top Mundial da Cachaça, imaginamos uma nova forma de selecionar as cachaças desafiadas. Durante 45 dias, diversos especialistas e aficionados convidados enviaram o nome das cinco cachaças que, em sua opinião, poderiam ser classificadas entre as melhores do país. Os votos foram tabulados e as quatro cachaças mais citadas carimbaram seu passaporte para Fortaleza. O critério de desempate – tivemos três empates – foi a sua colocação no I Ranking da Cúpula da Cachaça, o maior e mais abrangente ranking de cachaças já realizado no país”.

O 1º Agrosabor contou também com uma oficina prática comandada pelo chef paulista Felipe Cilli, que elaborou quatro pratos com produtos da Granja Regina, que depois foram degustados pelos participantes do evento. Para Rodrigo Bitar, diretor de marketing do Sistema AgroValor de Comunicação, “o 1º Agrosabor tem o propósito de evidenciar a qualidade de produtos cearenses [cachaça artesanal de alambique e produtos Premium de proteína de frango] que se destacam dentre outras marcas já estabelecidas no mercado”.

.: Serviço
2º Desafio Top Mundial da Cachaça e o 1º Agrosabor
http://www.cachacacedrodolibano.com.br/
www.facebook.com/cachacacedrodolibano

[email protected]
Twitter: @davimoura 
Facebook: fb.com/adorocomerblog