background

background

Novidades – Quero Frutas, serviço de delivery de frutas em Natal – RN

O amigo Samir me contou uma novidade que está rolando na capital potiguar: um delivery de frutas. Uma galera inovadora em Natal-RN resolveu preencher uma lacuna que há muito tempo existia na rotina corrida das pessoas, que é a alimentação prática e saudável. Já ouvi muita gente falando que não come mais fruta pelo trabalho em lavar, cortar e deixar pronto. O Quero Frutas resolveu o problema com potinhos personalizados e kits para solteiros, casais e família, tudo a um preço bem acessível. Olha só como eles se definem:

quero frutas, fruta em pote, delivery de fruta em pote, delivery de frutas, delivery de frutas em natal, quero frutas natal

“Uma empresa voltada para a promoção de saúde e bem-estar através do incentivo ao consumo de produtos saudáveis, com destaque para as frutas. Focamos em produtos e serviços de alta qualidade , para isso cuidamos de toda a cadeia de distribuição, partindo desde a seleção criteriosa até a sanitização e transporte dos produtos. Nossa meta é ser o mais simples e prático possível, oferecendo comodidade aos nossos clientes e promovendo a saúde e o bem-estar.”

Kits e preços:
1) Solteiro – R$ 25 por semana – 12 Frutas – 01 Salada de frutas
2) Casal – R$ 42 por semana – 24 Frutas – 02 saladas de frutas
3) Família – R$ 60 por semana – 36 frutas – 04 saladas de frutas

Há opções em escolher o kit semanal e até montar o kit do jeito que quiser, sendo compras avulsas ou assinaturas. E ainda vai deixar onde você quiser.

Uma inovação mesmo! Adorei!

Serviço:

http://querofrutas.com.br/

https://www.facebook.com/curtoquerofrutas

 
[email protected]
Twitter: @davimoura 
Facebook: fb.com/adorocomerblog 

Melhor do chef – Receita de lasanha indiana by Marca Fortaleza

Dica de receita gostosinha pra fechar nossa semana.

lasanha indiana, receita de lasanha indiana, fortaleza, lasanha indiana fortaleza

Foto: Assessoria

Ingredientes:
Molho Branco com Curry:
– 10 colheres (sopa) de margarina
– 10 colheres (sopa) de farinha de trigo
– 4 litros de leite
– 3 colheres (sopa) de curry
– Sal, pimenta-do-reino e cominho a gosto

Recheio de Frango:
– 2 colheres (sopa) de óleo
– 500g de peito de frango, em lascas
– 1 colher (sopa) de curry
– 2 maçãs verde, em cubos
– 100g de uvas passas
– Sal, pimenta-do-reino e cominho a gosto

Para a Montagem:
– 1 embalagem de Lasanha de Sêmola Pré-Cozida Fortaleza (500g)
– 500g de queijo branco, ralado grosso
– Queijo parmesão, ralado

Modo de Preparo:
– Prepare o molho branco com curry. Numa panela média, aqueça a margarina e doure a farinha de trigo. Junte o leite aos poucos, mexendo sempre para não empelotar. Acrescente o curry, acerte o sal e tempere com a pimenta-do-reino e o cominho. Retire do fogo e reserve.
– Prepare o recheio de frango. Numa panela média, aqueça o óleo e refogue as lascas de frango. Acrescente o curry, acerte o sal e tempere com a pimenta-do-reino e o cominho. Junte os cubos de maçã, as uvas passas, acrescente ½ xícara (chá) de água e deixar refogar por 5 minutos. Retire do fogo e reserve.
– Monte a Lasanha num refratário grande e fundo. Divida o molho branco com curry em 5 partes, as tiras de lasanha em 4 e o recheio de frango e o queijo branco em 2. Alterne as camadas de molho, massa e recheio da seguinte forma: molho branco com curry, queijo branco, tiras de lasanha, molho branco com curry, recheio de frango, tiras de lasanha, molho branco com curry, queijo branco, tiras de lasanha, molho branco com curry, recheio de frango, tiras de lasanha, molho branco com curry e finalmente queijo parmesão ralado. Cubra com papel-alumínio e leve ao forno médio (200ºC) por 50 minutos. Para dourar a superfície, retire o papel-alumínio 10 minutos antes de finalizar o tempo.

Dica: Para a lasanha ficar perfeita, coloque as tiras sempre entre os molhos e não se esqueça de utilizá-los ainda quentes. Para cada 500g de massa utilize no mínimo 3 ½ litro de molho. Querendo reduzir o tempo de preparo, deixe a lasanha montada por 10 minutos antes de levá-la ao forno.

Rendimento: 10 a 15 porções

Amo o tempero indiano. Essa eu vou tentar fazer com certeza!

Novidades – O que tem no meu armário: comidinhas lights, leves, desnatados etc.

Gostaria de ganhar 1 real para cada vez que ouço a pergunta: “como você come tanto e não engorda?”. Admito que como mesmo tudo o que posto, com raras exceções. Para não sair bolando, tento fazer as minhas demais refeições – especialmente lanchinhos – da melhor forma possível, com lights, leves, desnatados etc. Como fiz a minha feira há poucos dias, o armário ainda está cheinho e bonito. Muitas dessas categorias foram indicadas por minha nutricionista linda, Kaline Melo. Outros deles são de gosto bem pessoal. E alguns são pra gordice e/ou praticidade mesmo. Acompanhe:

nescau, nesfit, atum em lata, sollys, ades, suco de soja, nescau light, cookies jasmine, cookies, leite glória, leite glória desnatado

1) Leite desnatado: cada pessoa tem seu ritmo no consumo dos alimentos e eu já descobri que o meu, para leite de caixa, é péssimo. Sempre deixo estragar. Então comecei a testar os leites em pó e elegi dois dos meus favoritos: o Italac e o Glória. Ambos tem uma tabela calórica interessante, com pouca gordura e sódio, mas a diferença mesmo é na consistência. O Glória é mais fraquinho, mais leve. O Italac é consistente e o resultado final é até mais gostoso. Não tomo o integral, só quando não tem jeito mesmo. Na verdade, tendo o integral, acabo nem tomando.

2) Suco de soja: demorei muito a achar um suco de soja que fosse agradável ao meu paladar, no entanto o Sollys funcionou bem. Ele sustenta bem sozinho um lanche, dando força pra chegar até a próxima refeição. Às vezes tomo um antes de ir à academia. A pergunta que pode surgir: por qual razão eles não estão na geladeira? Faço um smoothie (ismófi, em homenagem a David Fama) com polpa de fruta, 1 colher de leite desnatado e uma caixinha desses aí, quente mesmo. Só levo pra geladeira o que vou tomar no dia seguinte.

3) Cereais: desde sempre como cereais com iogurte. No geral, todos os que são vendidos com o apelo light são parecidos. O que diferencia um ou outro é a quantidade de gordura e de açúcar, que, por incrível que pareça, é bem alta. A indicação de consumo, por Kaline Melo, foi misturar uma porção de granola light. Costumo consumir com iogurte grego – ainda que mais grossinho – ou com Ninho ou Chambinho (que eu amo, não me julguem!).

4) Achocolatado em pó: o único item que não combina com o armário tão leve, mas não posso passar sem meu Nescauzinho gelado. Com uma porcentagem de gordura menor, o gosto é super parecido com o Nescau original. Faço batido com água, leite em pó e muito gelo. Consumo muito como lanche da noite, já que é líquido e não vai pesar muito na barriga.

5) Atum em lata: indicação de David Fama, esse atum já vem preparado em forma de salada. Produto da Gomes da Costa, sempre consumo com um pouco de arroz ou ovos cozidos. A porção é boa para uma pessoa, desde que acompanhada com outras coisas para compor o prato.

6) Cookies: os da Jasmine são os que mais gosto. Já provei outros, mas ou são duros demais ou sem sabor. Os dessa linha, além de saborosos e com uma variedade imensa de sabores, saciam bastante. 5 deles são suficientes para segurar a barra até a próxima refeição.

7) Barrinhas de cereal: odeio barrinha de cereal com chocolate. Se for pra comer chocolate, prefiro que seja a barra mesmo. Todas as minhas escolhas são as mais leves possíveis. A barrinha é o lanchinho principal de quem tem uma rotina mega corrida e precisa forrar o buchinho antes da próxima refeição.

E você? O que mais tem no seu armário de interessante?

[email protected]
Twitter: @davimoura 
Facebook: fb.com/adorocomerblog 

Novidades – O consumo de carboidrato pode influenciar diretamente no humor

Mudanças aparentemente inexplicáveis no humor, como falta de ânimo ou indisposição para realizar atividades corriqueiras, podem estar relacionadas a uma alimentação desequilibrada. Segundo a nutricionista Fabiana Fontes, da Equilibrium, consultoria da Marca Fortaleza, marca da M.Dias Branco, investir numa alimentação correta ajuda a manter a saúde física e emocional.

Cada substância gerada pelo organismo possui uma função diferente. Os neurotransmissores (substâncias químicas produzidas pelas células nervosas) por exemplo, são os responsáveis por transmitir impulsos nervosos ao cérebro e influenciam diretamente na sensação de bem-estar e felicidade.

massas, carboidrato influencia o humor, comidas que influenciam o humor, macarrão com salsicha
De acordo com Fabiana, a produção de neurotransmissores está ligada diretamente aos alimentos consumidos no dia a dia. “Alguns alimentos, incluindo as massas, possuem nutrientes que induzem a formação de serotonina, dopamina e noradrenalina, principais neurotransmissores”, explica.

Uma alimentação deficiente de nutrientes pode causar falta de disposição, por isso é preciso incluir uma grande variedade de ingredientes nas refeições. “O carboidrato fornece energia e níveis de glicose necessários para ativar o impulso nervoso de bem-estar. Quando ele é associado a outras vitaminas e minerais seu efeito é potencializado”, esclarece a especialista.

Segundo Fabiana, cada neurotransmissor afeta o corpo de maneira diferente. A serotonina provoca uma sensação de bem-estar. Já a dopamina e noradrenalina proporcionam energia e disposição. “O carboidrato presente nas massas afeta diretamente o humor, pois ele é transformado em glicogênio quando ingerido. É o próprio glicogênio que possui papel importante na produção de serotonina”, comenta.

Para garantir uma sensação prolongada de bom humor, Fabiana lista outros nutrientes que não podem faltar na alimentação. “Ácido fólico, ômega 3, vitamina B6, vitamina C e magnésio também participam ativamente no processo de melhoramento do humor”, pontua. “Alimentos como espinafre, brócolis, peixes, frutos do mar e sementes oleaginosas, como nozes, castanhas e amêndoas, são ótimas fontes desses nutrientes”, completa.

Isso explica muuuuita coisa!

[email protected]
Twitter: @davimoura 
Facebook: fb.com/adorocomerblog 

Melhor do chef – Receita de hambúrguer caseiro

A receita de hoje foi inspirada na de Edu Guedes. Adaptei para a minha realidade e resolvi fazer o teste. Estava relendo meu livro “A arte da comida simples” e vi uma frase que muito tem a ver comigo. A maioria das pessoas que começou a cozinhar foi pelo motivo de adorar comer e querer se deliciar com suas comidas preferidas. Comida de mãe é maravilhosa e eu jamais esquecerei – ainda bem que arranjei uma sogra arretada para matar as saudades – mas quando você vai pra cozinha, tudo muda. Dá pra controlar, entre outras coisas, as calorias da sua comida, o jeito que é feito e até os temperos que você mais gosta.

hambúrguer caseiro, receita de hambúrguer caseiro, como fazer hambúrguer caseiro, sanduíche, receita de sanduíche, como fazer hambúrguer em casa (6)

Cozinhar é um dos atos de servidão mais bonitos que existem. Você põe seu amor e seu esforço em uma ação para agradar as outras pessoas. Não há nada mais prazeroso do que ver meu amor e meus amigos morrendo de lamber os pratos, os dedos e repetindo uma comidinha que foi feita com amor. Não tem preço mesmo! Aproveitei que há pouco tempo fiz feira e resolvi tentar. Amei o resultado e trago a receitinha pra vocês! Confiram:

Ingredientes:
Para o hambúrguer
– Aproximadamente 600g de frango sem pele e sem osso
– 1 ovo
– 2 colheres (de sopa) de salsa desidratada
– 5 colheres (de sopa) de farinha de rosca
– 1 cebola grande ralada
– 1 dente de alho grande ralado
– Queijo mussarela
– Sal de ervas q/b
– Óleo de canola para fritar

hambúrguer caseiro, receita de hambúrguer caseiro, como fazer hambúrguer caseiro, sanduíche, receita de sanduíche, como fazer hambúrguer em casa
Para o molho
– 3 colheres (de sopa) de maionese light
– 1 dente de alho grande
– 2 colheres (de sopa) bem cheias de orégano
– 1/2 xícara de azeite
– 1 pitada de noz moscada

hambúrguer caseiro, receita de hambúrguer caseiro, como fazer hambúrguer caseiro, sanduíche, receita de sanduíche, como fazer hambúrguer em casa (2)
Para a montagem do sanduíche
– Alface e tomate
– Bacon frito em tiras
– Pão bola

Modo de fazer:
Hambúrguer:
– Corte o frango em pedaços menores e o bata no liquidificador. Para facilitar o trabalho, já compre o frango moído no açougue;
– Em uma vasilha, misture o frango, o ovo, as 2 colheres de salsa, as 5 colheres de farinha de rosca, a cebola, o alho e o quanto baste de sal de ervas. O ponto certo é quando estiver bem homogêneo e desgrudando das paredes da vasilha;
– Faça bolinhas com o frango e, em uma superfície plana, achate para que fique em formato de hambúrguer. Deixe no formato correto e padrão utilizando um utensílio especial para isso. Na falta – que foi o meu caso – utilize a boca de alguma vasilha redondinha ou uma xícara;
– Em uma travessa de vidro, forre com um pouco de farinha de rosca e deposite os hambúrgueres. Feche com papel filme e leve à geladeira por duas horas para descansar;
– Após as duas horas, em uma frigideira, coloque um pouco de óleo – bem pouco mesmo – e frite os hambúrgueres. Em um prato forrado com papel toalha, seque-os. Com eles ainda quentes, coloque fatias de queijo para já irem derretendo por cima.

hambúrguer caseiro, receita de hambúrguer caseiro, como fazer hambúrguer caseiro, sanduíche, receita de sanduíche, como fazer hambúrguer em casa (4)
Maionese temperada:
– Misture todos os ingredientes e coloque nas bases dos pão, em cima e embaixo.

Montagem:
– Abra o pão e acrescente a maionese temperada em ambas as bandas;
– Organize o alface, logo depois as fatias de tomate, o hambúrguer com queijo e o bacon em tiras.
– Seja feliz!

hambúrguer caseiro, receita de hambúrguer caseiro, como fazer hambúrguer caseiro, sanduíche, receita de sanduíche, como fazer hambúrguer em casa (5)

Depois façam e me contem tudo, tá?

[email protected]
Twitter: @davimoura 
Facebook: fb.com/adorocomerblog